A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/12/2008 17:35

Duas pessoas morrem em sete dias por falta de vaga

Redação

Duas pessoas morreram, nos últimos sete dias, por falta de vaga na rede pública de saúde. A informação é da promotora de Justiça da Cidadania, Sara Francisco Silva, que participou de reunião hoje de manhã para evitar problemas no período das festas de fim de ano, Natal e Ano Novo.

Apesar da gravidade, os nomes das vítimas não foram divulgados e tampouco detalhados. O MPE (Ministério Público Estadual) entrou em cena para garantir que os hospitais de Campo Grande fechem a escala de plantão para o fim do ano, época em que os casos de acidentes costumam registrar aumento.

A reunião de hoje contou com a participação dos diretores dos maiores hospitais da cidade, Santa Casa, Regional e Universitário, além de representantes da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). A promotora colocou-se à disposição para marcar nova rodada de discussões para solucionar os problemas.

O objetivo da reunião foi garantir a distribuição dos serviços de saúde, principalmente em situações de média e alta complexidade em urgência e emergência. Trata-se de um evento realizado anualmente para concentrar esforços no fechamento da escala no atendimento pré-hospitalar.

O diretor-executivo da Sesau, Salim Cheade, também participou das discussões e apresentou problemas da saúde pública. Foi apontado que a Santa Casa atende todos os tipos de casos e os demais hospitais dividirem os atendimentos.

Cheade ressaltou que o Município contrata profissionais mas que os hospitais sempre informam falta de médicos e materiais. Ele ressalta a necessidade de traçar um diagnóstico único com um planejamento que envolva os três hospitais.

Após os debates, houve consenso acerca da necessidade de colocar placas de avisos nos locais de maior ocorrência de acidentes de trânsito, medida que deverá ser adotada pelo órgão competente. Caberá ao MPE fazer o encaminhamento do pedido.

No dia 11 de dezembro, às 9 horas, foi agenda nova reunião para tratar o atendimento de urgência e emergência nas áreas de cardiologia, traumato-ortopedia e neurocirurgia. O objetivo será decidir a participação de cada unidade médica nos atendimentos.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions