A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

28/04/2009 17:01

Duas suspeitas de gripe suína em MS já foram descartadas

Redação

Além da paciente atendida ontem no Posto de Saúde Guanandi, outros dois casos chegaram a ser cogitados como suspeitos de gripe suína em Campo Grande, mas essas possibilidades já foram descartadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

Apenas uma mulher continua em internação domiciliar, usando máscara para evitar a contaminação de outras pessoas e sob observação.

A identificação da paciente é preservada, mas as informações são de que ela desembarcou há cerca de 15 dias no Brasil, vinda dos Estados Unidos. Ontem, no final da tarde, ele procurou o posto de Saúde com dores, febre alta e a equipe municipal de Epidemiologia foi chamada para acompanhar o caso.

Amostra de secreção da garganta da mulher foi coletada para exame no Lacen (Laboratório Central), e o resultado preliminar deve ser conhecido até amanhã, segundo o secretário Luis Henrique Mandeta.

Em seguida, o material será enviado ao Instituto Adolfo Lutz (SP) para análise mais detalhada.

Dos 3 casos investigados de ontem para hoje na Capital, exame laboratorial foi necessário apenas de amostra da última paciente. As outras duas pessoas foram liberadas após exames clínicos.

Por ser o hospital de referência em casos de epidemia, o Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Santa Casa se reuniu hoje à tarde com responsáveis de diversos setores do hospital para criar um Protocolo de Atendimento aos casos suspeitos de gripe suína.

No documento, são definidos critérios a serem adotados. A doença preocupa, porque o vírus da gripe suína é um subtipo novo, "para o qual a população ainda não apresenta imunidade e que pode apresentar uma alta taxa de contágio", esclarece a Santa casa por meio de nota enviada pela assessoria.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions