A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/02/2013 17:46

Em 2013, a cada três dias uma pessoa morre com dengue em MS

Secretaria de Estado confirmou 15 mortes e 43 mil notificações; Campo Grande lidera número de casos

Nícholas Vasconcelos
O padre Mario Gosso morreu nesta quarta-feira, vítima da dengue. (Foto: Divulgação)O padre Mario Gosso morreu nesta quarta-feira, vítima da dengue. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul tem confirmadas 15 mortes por dengue e 43.464 casos notificados, segundo o boletim divulgado hoje pela Secretaria de Estado de Saúde. Até o momento, 6 pessoas morreram de dengue em Campo Grande e duas em Vicentina. Aparecida do Taboado, Aquidauana, Dourados, Miranda, Nova Andradina, Rio Verde de Mato Grosso e Sidrolândia tem uma morte cada.

De acordo com o boletim epidemiológico até o momento, dois óbitos são investigados em Campo Grande, um em Aquidauana, um em Camapuã e outro em Nioaque. Foram descartadas 4 mortes na Capital, uma em Nova Andradina, uma Sidrolândia e outra em Corumbá.

Nesta quarta-feira, o padre Mario Gosso, 87 anos, morreu em decorrência da dengue, mas o caso dele ainda não aparece nas estatísticas. Ele estava internado no hospital Proncor em Campo Grande. Segundo a Missão Salesiana de Mato Grosso, o religioso apresentava quadro de dengue, além de complicações cardíacas e diabetes.

Campo Grande continua em primeiro lugar no número de casos, com 29.233 notificações e incidência de 3.671 casos para cada 100 mil habitantes.

Nova Andradina tem 1.388 casos suspeitos e Naviraí outros 1.341.

Em todo Estado, 50 municípios estão em alerta com a dengue porque estão com mais de 300 casos para cada 100 mil habitantes.

O boletim aponta que uma diminuição nos casos de dengue. Na última semana, foram 4.746 notificações, enquanto na anterior eram 6.634. O pico da doença foi na quinta semana, quando foram 8.558 suspeitas.

Tipo 4 – De 120 amostras coletadas de sangue enviadas para análise no Lacen (Laboratório Central do Estado), 22 apontam para o tipo 4. O tipo 2 foi encontrado em 21 amostras e o tipo 1 em 5.

Até o momento, o tipo 4 já apareceu nas cidades de Anastácio, Campo Grande, Coxim, Nova Andradina, Rio Verde de Mato Grosso e Sidrolândia.



Que tristeza!!!! esteve a poucos dias no consultório, estava tão bem. Deus acolha o senhor no céu.

 
jeane moura martins cavalcante em 22/02/2013 08:38:07
Nooossaaaaaaa aprenderam a contar!!
 
Clementina ferdinanda Alves Fialho de Sousa em 21/02/2013 23:53:06
E ae sr. Prefeito magoadinho da Silva, vai começar a se mexer que hora??? quando alguem da sua família morrer????? Já fomos considerados cidade modelo na prevenção contra dengue!!!! E hoje olha só...15 mortes confirmadas!!!! Acorda Campo Grande!!!!!!!!!
 
Andrea Lucia em 21/02/2013 19:30:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions