A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

11/08/2008 18:57

Em Cassilândia, trabalho de presos beneficia população

Redação

Um programa de visa a ressocialização dos detentos do EPCAS (Estabelecimento Penal de Cassilândia), vem beneficiando internos e a população carente do município.

Através de uma parceira entre a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e a prefeitura local, os internos produzem diariamente 2 mil pães que são distribuídos a entidades sociais, creches, escolas, trabalhadores da limpeza pública e famílias carentes do município, entre outros.

Equipada com 18 máquinas, entre fornos, batedeiras e cilindros, a padaria do EPCAS chega produzir em média 13,2 mil pães por semana.

Cerca de 390 famílias carentes da cidade também recebem o benefício, para elas são destinados quase 800 pães por dia, sendo distribuídos em pontos estratégicos do município.

Na produção, foram disponibilizados seis internos para atuarem no setor. Em troca, eles recebem a remição de pena, que representa a redução de um dia de pena para cada três dias trabalhados.  

Além disso, o trabalho garante aos internos uma renda mensal de R$ 311,25 (3/4 do salário mínimo). 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions