A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/07/2010 12:35

Em Corumbá, presos poderão reduzir pena se estudarem

Redação

Portaria do juiz titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Corumbá, Anderson Royer, regulamenta a redução de pena para o presos que estudarem.

A portaria estabeleceu que os condenados que frequentarem curso de ensino ou profissionalizante terão direito a um dia de pena remido a cada 12 horas de estudos. A freqüência mínima exigida é de 75%.

Além dessa possibilidade, os presos podem conseguir reduzir a pena trabalhando e os dois benefícios podem ser utilizados ao mesmo tempo.

O juiz afirma que o principal objetivo da medida é incentivar a busca pelo conhecimento. Para ele, o grande problema da política criminal e carcerária no País é a exclusão cultural e social destes indivíduos que, em sua maioria, carregam histórias semelhantes de não inserção na sociedade desde o nascimento.

O magistrado afirma que o incentivo em remir a pena pelas horas estudadas é mais do que um benefício aos internos. De acordo com ele, o foco é possibilitar que eles possam melhorar sua noção de vida e compreender que a sociedade não é inimiga.

A medida foi editada levando em consideração a Súmula nº 341 do Superior Tribunal de Justiça, segundo a qual a frequência em curso de ensino formal é causa para a remição de parte do tempo de execução de pena sob o regime fechado ou semiaberto.

De acordo com o juiz, atualmente no presídio masculino de Corumbá, para cumprimento de regime fechado, há duas salas de aulas instaladas, com capacidade para 34 vagas.

O magistrado esclarece que ainda há vagas disponíveis, porque se trata de um trabalho inicial e será necessário uma mudança cultural para que os detentos busquem os estudos. No fechado feminino, estão disponíveis também outras 16 vagas.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions