A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/12/2012 07:41

Em MS, mais de mil detentos fazem o Enem nesta terça-feira

Francisco Júnior

As provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) são aplicadas hoje e amanhã (4 e 5) nos presídios de todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul são 1058 inscritos, destes, 1022 de estabelecimentos penais da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), 30 do Presídio Federal e seis de Uneis (Unidade Educacional de Internação).

Nas unidades penais administradas pela Agepen, observou-se um aumento de 83,4% no número de inscritos. Esse crescimento foi registrado também no total de internos inscritos no Estado, contabilizando um aumento de 77,8% com relação a 2011, quando houve a participação de 595 candidatos.

Na Capital, o exame será realizado no Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, Instituto Penal de Campo Grande, Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi”, Centro de Triagem “Anísio Lima”, Centro Penal Agroindustrial da Gameleira e na unidade semiaberta feminina, além do Presídio Federal e das Uneis Dom Bosco e Estrela do Amanhã.

As provas também serão aplicadas em unidades de Amambai, Aquidauana, Bataguassu, Cassilândia, Corumbá, Dourados, Dois Irmãos do Buriti, Jateí, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

A Penitenciária Harry Amorim Costa, em Dourados, foi a unidade que reuniu o maior número de inscrições de internos para participação no Enem Prisional 2012 no Estado, com 110 reeducandos, seguida pelo Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, com 109, pelo Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, com 105, e o Instituto Penal de Campo Grande, com 100.

O exame é composto por quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 questões de múltipla escolha, e uma redação. No primeiro dia, os participantes responderão questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias, e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, com duração de quatro horas e trinta minutos. No segundo dia, serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação, e Matemática e suas Tecnologias; com duração de cinco horas e trinta minutos.

Conforme o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), do Ministério da Educação, os aprovados, além da certificação de conclusão do Ensino Médio, poderão concorrer a vagas em universidades e em programas governamentais.



Pois é, pra mim é uma PALHAÇADA este ENEM PRISIONAL e um DESRESPEITO com quem realizou o Enem antes. Pra começar tinha que ser no mesmo dia do Enem geral, porque os presidiários realizam A MESMA PROVA de quem realizou dias antes, ou seja, tem como ter o GABARITO! Abram os olhos e mudem isso gente! Injusto com um estudante que se mata de estudar, vai lá, presta o Enem, fica ansioso pra ver quanto de acerto ele teve e depois um presidiário que recebe o gabarito de visitante decora e ainda consegue entrar, já o estudante do lado de fora da cadeia...
 
Andrea Santos em 05/12/2012 09:58:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions