A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/12/2012 21:05

Em reunião com entidades, Jacini reforça que MS está livre de ataques

Marta Ferreira


O secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, recebeu nesta segunda-feira (3) representantes da Associação de Cabos e Soldados, Associação de Subtenentes e Sargentos, Sindicato de Policiais Civis e do Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária para discutir medidas preventivas de segurança para os policiais do Estado.

A entidades pediram a reunião depois do ataque a um prédio da Polícia Militar com uma granada, que chegou a ser acionada, mas falhou. O temor é de que o Estado passe a ser alvo de atentados como os ocorridos contra policiais em São Paulo e Santa Catarina levou

“O serviço de inteligência vem realizando um trabalho de força tarefa, monitorando 24 horas as lideranças do PCC [Primeiro comando da Capital], mostrando que não existem dados e qualquer indicação referente à atuação de facções negativas nos moldes das que aconteceram em São Paulo e Santa Catarina no Estado”, enfatiza o secretário.

Jacini disse, ainda, que os órgãos de inteligência da Sejusp continuarão monitorando todas as atividades das facções para que, em caso de ameaça, possam agir preventivamente.

“A superintendência de Inteligência de Segurança Pública da Sejusp, através das agências de inteligência das instituições continuará acompanhando todos os fatos e motivos envolvendo ataque a policiais ocorridos em outros estados e desta forma estarão preparados se caso houver necessidade”, declarou o secretário.



Com investimento zero na segurança...
 
Roberto Mauro Ferreira em 04/12/2012 00:06:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions