A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

22/07/2014 11:41

Sindicato diz que 20% dos trabalhadores da construção estão na informalidade

Marta Ferreira
Presidente do Sindicato, de preto, conversa com trabalhador em obra.Presidente do Sindicato, de preto, conversa com trabalhador em obra.

Dos 30 mil trabalhadores na construção civil em Campo Grande, 20%, ou seja, 6 mil, estão na informalidade, segundo o Sintracom (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil), que anunciou uma ofensiva na fiscalização dos canteiros de obras da cidade, para coibir o trabalho sem registro em carteira.

Segundo o sindicato, quando são encontrados profissionais sem o devido registros em carteira, o empregador é informado para regularizar a situação. “Nós até damos um prazo para ela efetuar os devidos registros. Só então, em caso de desobediência, fazemos a denúncia aos órgãos competentes, principalmente o Ministério do Trabalho e Emprego”, afirma o presidente do Sintracon, José Abelha Neto.

O Sindicato afirma, também, que mantém em seu quadro de funcionários, técnicos em segurança do trabalho, para fiscalizações permanentes nos canteiros de obras, a fim de verificar o cumprimento, pelas empresas, das medidas de segurança dos empregados. Uma das principais é o uso de equipamento individual de proteção.

“Nosso foco é a segurança e bem estar dos trabalhadores nos canteiros de obras. As empresas precisam ficar atentas à legislação para evitar acidentes”, afirma o presidente da entidade.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions