A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

23/02/2011 14:09

Empresa tenta enganar fiscalização com documentação irregular

Nadyenka Castro

Carga era de angico, mas no DOF constava lenha

Uma empresa de Campo Grande foi multada em R$ 3 mil na manhã desta quarta-feira pela PMA (Polícia Militar Ambiental) por tentar transportar angico com documentação irregular.

De acordo com a PMA, o caminhão com a madeira foi parado pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual), na MS-060, em Sidrolândia.

Os policiais suspeitaram da situação da carga e então acionaram a PMA, a qual constatou a irregularidade.

No veículo havia 44 palanques de madeira de angico, totalizando 10 m³. No entanto, no DOF (Documento de Origem Florestal) constava que a carga era lenha.

Segundo a PMA, o documento era de carga que já havia sido transportada e estava sendo utilizado para dar caráter legal aos palanques de angico.

O proprietário da madeira, a empresa José Rafael R.F. de Carvalho-ME, com endereço na Vila Progresso, foi multada em R$ 3 mil e poderá responder por crime ambiental.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions