A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

08/08/2018 13:07

Empresário e mais 3 alvos do Gaeco chegam ao Presídio de Trânsito

Operação do Gaeco, deflagrada na manhã desta quarta-feira (8), mira os integrantes do esquema de sonegação de impostos envolvendo a produção de grãos

Anahi Zurutuza e Bruna Kaspary
Um dos alvos da Grãos de Ouro esconde o rosto ao chegar ao Presídio de Trânsito (Foto: Marina Pacheco)Um dos alvos da Grãos de Ouro esconde o rosto ao chegar ao Presídio de Trânsito (Foto: Marina Pacheco)

Siloé Rodrigues de Oliveira, dono da Forte Corretora de Cereais, e mais três alvo na Operação Grãos de Ouro chegaram há pouco, por voltadas 13h, ao Presídio de Trânsito de Campo Grande, uma das unidades do Complexo Penal que recebe presos provisórios.

O empresário, que tem contra si um mandado de prisão preventiva – por tempo indeterminado –, foi levado da sede da corretora de grãos para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e de lá, para o estabelecimento penal.

A PM (Polícia Militar) fez o transporte dos presos. Policiais, contudo, não quiseram revelar os nomes dos mesmos. Alguns deles estavam custodiados na Depac da Vila Piratininga.

No total, 13 pessoas devem ser encaminhadas para presídios de Mato Grosso do Sul, duas delas mulheres. Este é o total de vagas solicitadas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), que comanda a operação, à Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Confira as imagens da chegada dos presos:

 

A operação - A Grãos de Ouro, deflagrada na manhã desta quarta-feira (8), mira os integrantes do esquema de sonegação de impostos envolvendo a produção de grãos, principalmente a soja, em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Equipes de promotores e policiais militares foram às ruas dos sete Estados para cumprir também 104 de busca e apreensão.

Marcos Antônio Silva de Souza, conhecido como Marcão, de 50 anos, foi alvo de mandado de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (8), mas não teve a prisão preventiva decretada. Ele é servidor da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

 

Um dos presos que foi levado da Depac do Centro para o Petran (Foto: Marina Pacheco)Um dos presos que foi levado da Depac do Centro para o Petran (Foto: Marina Pacheco)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions