A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

07/07/2009 08:43

Empresário preso é tido como mais poderoso de Dourados

Redação

O empresário Sizuo Uemura preso esta manhã pela Polícia Federal é tido como o homem mais rico e poderoso de Dourados.

Ele chegou à cidade há quatro décadas começou a trabalhar como verdureiro, depois instalou uma mercearia e hoje detém monopólio dos serviços funerários, tem concessionárias de veículos e vários imóveis, dentre eles o prédio onde funciona o Hospital da Mulher.

Uemura também tem forte influência política e foi um dos financiadores da campanha do atual prefeito, Ari Artuzi e indicou vários dos secretários da Prefeitura. Também era apoiador de Laerte Tetila (PT), na administração passada.

Dois irmãos do empresários foram mortos na década de 70, um deles assassinado em Dourados e outro no Paraguai. Eles tinham envolvimento com narcotráfico. As circunstâncias em que ambos morreram geram suspeitas e, inclusive, boatos de que o empresário estaria envolvido.

"Ele é intocável", diz uma fonte, que prefere não se identificar. Uemura e a esposa, Helena, estão presos na delegacia da Polícia Federal de Dourados. Eles fazem parte de um grupo de 42 pessoas que tiveram prisão decretada após dois anos de investigações, em que a PF constatou a formação de uma organização criminosa.

Também foram presos o presidente da Câmara de Vereadores de Dourados, Sidlei Alves (DEM) e o vice-prefeito, Carlinhos Cantor (PR). Outros vereadores, servidores e profissionais liberais estão na relação de envolvidos.

A organização tinha vantagens com a Prefeitura explorando serviços públicos sem processo licitatório, segundo as investigações da PF. Para isso, funcionários públicos eram corrompidos.

A organização criminosa tem ramificações em Campo Grande, Ponta Porã, Naviraí e nas cidades paranaenses de Guaíra e Umuarama. Foram dois anos de investigação da PF. Trinta e seis mandados de prisão já foram cumpridos nesta terça-feira.

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 16 milhões na próxima quarta-feira
O prêmio de R$ 11,5 milhões sorteado pela Mega-Sena neste sábado (21) ficou sem vencedor, acumulando em R$ 16 milhões que voltam a ser sorteados na p...
Câmara analisa mudanças em lei de planos de saúde para beneficiar idosos
A Câmara dos Deputados analisa um projeto de lei que pretende alterar a legislação atual que regula o funcionamento dos planos de saúde no país. Entr...
Percepção de pouco risco de doenças faz jovens não se protegerem durante o sexo
A ampla divulgação de que a aids é uma doença que tem tratamento eficaz dá às pessoas, principalmente aos jovens, a falsa sensação de proteção e faz ...
ANS quer limitar valor pago por usuários em planos de saúde com coparticipação
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer limitar o valor que os planos de saúde podem cobrar pela coparticipação, quando o usuário paga uma...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions