A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/03/2009 17:04

Envolvido em golpe da casa é ouvido na Polícia Federal

Redação

Ademar Pereira Mariano, preso desde sábado passado por fraude envolvendo casas da Agehab (Agência estadual de Habitação), é ouvido pela sexta vez nesta tarde sobre golpe. Depois de dois depoimentos extra-oficiais e três assinados, ele é interrogado na Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande.

A intervenção federal no caso foi solicitada pelo senador Delcídio do Amaral (PT) que, segundo alega o golpista, seria alvo de um complô orquestrado pelo deputado federal Vander Loubet, também petista.

Na manhã de hoje, Vander também defendeu que o caso seja investigado a fundo. Ele garante que também é vítima na história. "Se existe um complô é contra a minha imagem", comentou durante visita nesta quinta-feira ao superintendente da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

O deputado atacou uma pessoa identificada por ele apenas como "Mendes Sá", com o mentor de esquema, que teria começado pela Emha (Empresa Municipal de Habitação).

A venda de casas seria "coisa antiga', dando lucro há muito tempo a funcionários da prefeitura de Campo Grande.

Segundo atendente da Emha, Mendes Sá é chefe do Núcleo de Recursos Humanos da empresa. Por várias vezes o Campo grande News tentou conversar com o servidor, mas a informação foi de que ele passou a tarde reunido com o diretor da Emha, Paulo Matos.

Segundo Ademar, em apenas 4 meses foram vendidas de forma fraudulenta 150 casas, mas as pessoas que pagaram pelas cheves nunca forma contempladas, o que teria movimentado mais de R$ 500 mil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions