A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/12/2014 14:42

Estado termina ano com 64 pacientes com suspeita de chikungunya

Edivaldo Bitencourt

A misteriosa doença denominada febre chikungunya, que tem os mesmos sintomas da dengue, mas com duração de até três anos, atingiu 64 pessoas no primeiro ano em Mato Grosso do Sul. Os resultados dos exames continuam demorados e só um foi confirmado desde que surgiram as primeiras notificações.

Também conhecida como prima da dengue, a chikungunya causa febre acima de 38,5ºC e dor intensa nas articulações. Dos 64 casos, um foi confirmado em Campo Grande e 53 aguardam resultados dos exames. O paciente pode sentir os sintomas por um até três anos.

A Capital lidera as notificações, com 42 casos suspeitos, um confirmado e 32 aguardando resultados de exames em laboratório.

Apesar de ter duração mais longa do que a dengue, a febre tem letalidade menor, de 1%. A dengue mata 2% dos pacientes.

A transmissão é feita pelo mesmo vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti. 

 

Termina na 4ª feira prazo para adotar cartinha e ajudar Papai Noel dos Correios
Termina na próxima quarta-feira (dia 13) o prazo para quem quiser adotar uma cartinha do projeto Papai Noel dos Correios. Os interessados devem compa...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions