A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/10/2014 08:11

Evo Morales é reeleito na Bolívia, indicam dados extraoficiais da apuração

Monica Yanakiew, da Agência Brasil
Eleitora vota em Corumbá, para escolher presidente da Bolívia. (Foto: Diário Corumbaense)Eleitora vota em Corumbá, para escolher presidente da Bolívia. (Foto: Diário Corumbaense)

O presidente da Bolívia, Evo Morales, conquistou o terceiro mandato nesse domingo (12), de acordo com dados extraoficiais, e prometeu manter, até 2020, seu modelo de crescimento econômico, cujos resultados foram elogiados por organizações como o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o Banco Mundial. A Bolívia faz fronteira com Mato Grosso do Sul, em Corumbá, onde havia 170 eleitores inscritos para votar na eleição do país vizinho.

Morales fez discurso, agradecendo o apoio dos 6 milhões de eleitores, antes mesmo de os resultados oficias serem confirmados. Mas a vitória dele já era esperada: as primeiras pesquisas de boca de urna indicavam que ele tinha mais de 60% dos votos.

Primeiro presidente indígena da Bolívia e da América do Sul, em nove anos de governo Evo Morales erradicou o analfabetismo, reduziu a pobreza e a desigualdade e manteve alto índice de crescimento. Este ano, segundo a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, a Bolívia será o país que mais vai crescer na América do Sul (5,5%) – mais que o dobro da média regional.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions