A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

25/01/2009 15:09

Evo rejeita denúncias de fraude no referendo da Bolívia

Redação

Denúncias dos opositores sobre uma possível fraude no referendo constitucional da Bolívia, foram rejeitadas hoje pelo presidente Evo Morales. Ele classificou essas acusações, segundo publicado na Folha On Line, como 'agonia dos derrotados'.

Segundo o presidente, opositores estão tentando gerar dúvidas sobre a transparência do processo aos eleitores. Ele classifica que a oposição sabe que a diferença a favor do 'sim' à nova Constituição é grande e, por isso, tenta boicotar o processo.

Morales também defende a democracia instaurada no processo de eleição, afirmando que até mesmo os rivais estão comparecendo às urnas em vez de usar a violência para coibir o pleito.

Mais de 3,8 milhões de bolivianos foram convocados hoje às urnas para apoiar ou rejeitar o texto constitucional com o qual Morales pretende "refundar" a Bolívia. Cerca de 350 observadores da comunidade internacional na Bolívia vigiam o processo.

Neste domingo ocorrem duas votações: a primeira é sobre as propriedades privadas de terra em território boliviano, se a extensão será de cinco ou 10 mil hectares. Através da consulta pública o governo boliviano pretende implantar a reforma agrária no pais.

Já a segunda votação refere-se à nova Constituição boliviana. Na região de fronteira, a votação segue tranqüila. Os votos serão recebidos até às 17 horas deste domingo. As urnas da Província serão enviadas a Santa Cruz de La Sierra para apuração.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions