A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

27/04/2018 12:42

Exército encerra fase de operação com 11 empresas de explosivos autuadas

A quarta fase da Operação Rastilho fiscalizou 23 municípios e destruiu 9 mil metros de cordel detonante

Danielle Valentim
Um dos locais vistoriados pelos agentes (Foto:  Exército Brasileiro/Divulgação)Um dos locais vistoriados pelos agentes (Foto: Exército Brasileiro/Divulgação)

A Operação Rastilho IV, que ocorreu entre os dias 24, 25, 26 e manhã desta sexta-feira (27), realizou 41 fiscalizações em 23 municípios e autuou 11 empresas de explosivos. Durante os trabalhos 9 mil metros de cordel detonante foram destruídos.

Os trabalhos desenvolvidos pela 9ª Região Militar, por intermédio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC/9) servem para fiscalizar e controlar a produção, armazenamento, comercialização, transporte e utilização de explosivos e produtos correlatos.

Em Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul, a operação contou com o apoio da Polícia Militar, da Polícia Judiciária Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e da Agência Nacional de Mineração (antigo DNPM).

Foram empregados 60 militares do Exército Brasileiro, realizadas 41 fiscalizações em 23 municípios, percorridos cerca de 10.000 km, destruídos 9 mil metros de cordel detonante e autuadas 11 empresas por não atenderem à legislação vigente.

As ações de fiscalização visam a promover a adequação e correção das empresas registras quanto ao trato dos Produtos Controlados pelo Exército (PCE) e coibir os possíveis desvios de explosivos para a utilização em atividades ilícitas, colaborando decisivamente com o incremento da percepção da segurança pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions