A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/01/2009 18:12

Extra só se manifestará sobre acusação após receber ação

Redação

O Grupo Pão de Açúcar, responsável pelo Hipermercado Extra, em Campo Grande, enviou nota ao Campo Grande News informando que pauta suas ações na ética e transparência e que ainda não foi notificado oficialmente sobre o fato de estar sendo alvo de investigação por propaganda enganosa. A empresa ainda cita que aguardará os detalhes da ação para, após análise das delegações, apresentar sua defesa e esclarecimentos.

A nota é referente à matéria publicada pelo Campo Grande News de que o MPE (Ministério Público Estadual) ingressou com ação civil pública para apurar a prática de ofertas publicitárias enganosas praticadas pelo Hipermercado. O procedimento requer pagamento de multa de aproximadamente R$ 125 mil, a título de dano moral coletivo.

A promotoria do Consumidor cita campanhas feitas entre 2004 e 2006. Segundo o MPE, foram encontrados problemas como a falta de produtos, a venda em preços diferentes ou falta de informações acerca da duração da promoção.

O juiz Dorival Moreira dos Santos, da Vara de Direitos Difusos, recebeu a ação e decidiu somente analisar o pedido de liminar após a resposta da requerida, que tem prazo de 15 dias. A informação foi divulgada para que, caso existam outros consumidores lesados, possam entrar em contato com a promotoria.

A peça inicial é acompanhada do inquérito civil, com cópias de encartes publicitários e depoimentos tomados na fase de investigação. Caso a Companhia Brasileira de Distribuição, dona do Extra Hipermercado, seja condenada, a multa será revertida para o Fundo de Defesa dos Direitos do Consumidor. Outro pedido foi que a sentença seja publicada na mídia local.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions