A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/06/2013 15:35

Famasul contabiliza 65 fazendas invadidas em Mato Grosso do Sul

Luciana Brazil
Fazenda Buriti hoje cedo, em Sidrolândia. (Foto: Cleber Gellio).Fazenda Buriti hoje cedo, em Sidrolândia. (Foto: Cleber Gellio).

Já são 65 fazendas ocupadas em Mato Grosso do Sul, segundo levantamento da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), feito na manhã desta quinta-feira. Apesar de algumas invasões já durarem anos, o conflito entre fazendeiros e indígenas se intensificou no Estado depois da invasão da fazenda Buriti, em Sidrolândia, no dia 15 de maio.

Hoje pela manhã, a fazenda amanheceu vazia. Lideranças chegaram a dizer que era um voto de confiança no Governo Federal depois da reunião de ontem com o ministro da Justiça. Mas horas depois, grupo de cerca de 30 pessoas voltou a acampar na propriedade e já está plantando.

Até o dia 31 do mes passado, 63 propriedades haviam sido ocupadas. Hoje, o levantamento contabiliza que mais três fazendas foram invadidas nos últimos cinco dias, totalizando 65.

Há informações de que além destas, outras três propriedades, entre elas as fazendas Vassoura e Quitandinha, teriam sido ocupadas, mas a Famasul não confirma os dados, e ratifica que são 65 propriedades.

Só na região de Sidrolândia, a 71 km de Campo Grande, 10 fazendas estão ocupadas, segundo os índios terenas. A etnia está acampada nas fazendas Buriti, São Sebastião, Água Doce, Lindóia, São José, Querência, 3R, Flórida, Santa Clara e Bom Jesus.

Em Mato Grosso do Sul, onde vive a maior população indígena do país, 73 mil pessoas, são 28 mil índios terenas, divididos em sete reservas e 20 mil hectares, de acordo com a Funai.

Conforme a Famasul, as etnias terenas e guarani-kaiowás são responsáveis pela ocupação nas fazendas do Estado. Na região de Bela Vista, desde 1980 índios guaranis vivem em um das fazendas, é a mais antiga ocupação que se tem registro em Mato Grosso do Sul.

Dos 896 mil índios no país, 517 mil vivem em terras indígenas, segundo a Federação da Agricultura. Estima-se que em Mato Grosso do Sul, 16 mil índios vivam fora das terras indígenas. Em todo país, esse número chega 379 mil. 

Demarcações: A maior parte das terras no Estado foi demarcada entre 1915 e 1928, e a maioria não tem mais de 3 mil hectares. Estudos apontam que 601 hectares são regularizados. Conforme matéria publicada na Folha de São Paulo, “em comparação com a região amazônica, os indígenas de Mato Grosso do Sul dispões de áreas pequenas, superpovoadas e próximas a centros urbanos”.

Segundo a Famasul, em Sidrolândia 12 propriedades estão ocupadas. Em Dois Irmãos do Buriti o número chega a sete. Em Amambai, Bela Vista, Dourados, Iguatemi, Rio Brilhante e Sete Quedas há uma propriedade invadida em cada município. Duas fazendas estão ocupadas em Aral Moreira e Juti.

Antonio João, Douradina, Japorã, Maracaju, Miranda e Ponta Porã possuem três fazendas invadidas cada um. Em Caarapó são quatro fazendas ocupadas e em Coronel Sapucaia são cinco propriedades. A cidade de Paranhos tem hoje oito fazendas invadidas.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Onde vamos parar com tamanha desordem??? Agora todo mundo resolveu querer um pedaço de terra? De onde surgiram tantos índios??? O MST como adora uma baderna resolveu se juntar com os indígenas, que dai o bafafa fica maior né.
Agora me respondam uma coisa, o que vcs vão fazer com td isso de terra?? Vcs sabem como trabalhar nessa terra, como plantar em grande quantidade, como criar uma grande quantidade de gado?? Pq algumas fazendas foram desapropriadas alguns anos atrás e o que a gnt ve, terra abandonada, 5 cabeças de gado no meio de uma imensidão de terra, 5 pés de mandioca plantados, isso é o que vcs chamam de produção???
Não a demarcação de terra e sim ao crescimento da economia. Força produtore rurais estamos com vcs!!!!!!!!!!
 
Ana Carolina em 07/06/2013 12:08:15
Gostaria de saber qual o índice de produtividade agrícola destes indígenas e se eles teriam capacidade de pelo menos se comprometer em abrir mão das bolsas governamentais e produzir com esforço próprio alimentos para eles .......
 
Maria lea zomignan fontanari em 06/06/2013 15:54:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions