A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

09/11/2010 16:51

Família diz que creche não avisou sobre lesão em criança

Redação

A família da menina de dois anos suspeita de ter sido abusada sexualmente ontem (8) em um Ceinf (Centro de Educação Infantil) no bairro Moreninha II, em Campo Grande, disse que não recebeu nenhum aviso da creche sobre as lesões que a criança apresentava quando voltou para casa.

Ontem, a menina contou que um homem a pegou no colo e introduziu o dedo em sua vagina. A mãe dela a levou então a um posto de saúde às 18h47 e foi confirmado que havia lesões na vagina da criança.

Um exame de corpo de delito foi solicitado para verificar a suspeita de que ela tenha sofrido abuso sexual. Depois disso, a mãe procurou a Polícia e registrou boletim de ocorrência.

Mesmo assim a creche não deu nenhuma informação e por isso a avó da menina foi ao Ceinf nesta tarde saber se algum estranho teve acesso às crianças e tentar obter detalhes do que houve ontem. Ao retornar, ela não quis dar entrevista e teme que a vizinhança saiba do caso.

Na casa da família a informação foi de que a criança contou que havia sofrido o abuso e depois confirmou a mesma versão à Polícia, mas agora não quer mais falar sobre o caso, que será investigado pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

A reportagem do Campo Grande News também esteve na creche e foi informada de que os funcionários não estão autorizados a fornecer informações.

Laudo específico para verificar a violência sexual foi solicitado e o resultado deve ficar pronto em pelo menos dez dias. O prefeito Nelsinho Trad informou que o caso será apurado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions