A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/01/2008 18:32

Febre amarela: vigilância monitora animais silvestres

Redação

A vigilância em saúde tem monitorado primatas e insetos em Mato Grosso do Sul há muito tempo, segundo o diretor de vigilância em Saúde, Eugênio Barros, "mas só agora as pessoas estão se lembrando". Em Três Lagoas e Aquidauana foram encontrados macacos mortos, mas não foi possível examinar esses animais porque eles estavam em estado avançado de decomposição. Existe a suspeita de que os animais morreram em decorrência da febre amarela.

Conforme Eugênio de Barros, a coleta de material dos primatas para análise só pode ser feita com os animais vivos ou até 24 horas após a morte. Barros recomenda que aqueles que encontrem animais silvestres mortos notifiquem o Centro de Saúde, a Secretaria de Saúde, a Vigilância em Saúde ou o Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres). "Eles saberão o que fazer", disse.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions