A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/12/2010 14:29

Fernandinho Beira-Mar foi transferido da Capital para Catanduvas

Aline dos Santos
Beira-Mar foi levado para presídio federal no ParanáBeira-Mar foi levado para presídio federal no Paraná

O narcotraficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, foi transferido neste sábado do presídio federal de Campo Grande para o Paraná.

O embarque ocorreu por volta das 10h30, na Base Aérea da Capital. Beira-Mar viajou em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) e foi levado para o presídio federal de Catanduvas.

Beira-Mar estava em Campo Grande desde 2007, quando veio transferido do presídio paranaense. Ontem, foi divulgado que a polícia do Rio de Janeiro investiga o conteúdo de uma carta que teria sido enviada por Beira-Mar a aliados cariocas.

No bilhete, segundo policiais, o bandido revela que enviava cocaína para a Europa e que tinha planos de abrir pelo menos três empresas no Rio de Janeiro.

A reportagem do portal R7 informou que a carta ainda traz comentários sobre homicídios de supostos informantes da polícia (X-9) e de cobranças de dívidas. Em outro trecho, o bandido cita que, se os endividados não queriam lhe pagar em dinheiro, tinham que entrar como sócios em pelo menos três empresas que ele pretendia abrir no estado.

Estadia – Durante a prisão em Campo Grande, a defesa de Beira-Mar teve negado, por diversas vezes, o pedido para que o traficante retornasse ao Rio de Janeiro. Em 2008, ele foi um dos pivôs da Operação X, deflagrada pela PF (Polícia Federal).

O traficante colombiano Juan Carlos Abadia, que também estava preso em Campo Grande, teria revelado ao serviço de inteligência do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) que Beira-Mar preparava uma fuga mediante extorsão e sequestro de parentes de autoridades no Legislativo, Executivo e Judiciário. Um dos alvos seria um dos filhos do presidente Lula. Em seguida, Abadia obteve a extradição.

No ano passado, Beira-mar enfrentou júri popular em Campo Grande, acusado de ser o mandante da execução de João Morel, um dos principais traficantes da fronteira de Coronel Sapucaia com o Paraguai.



Nessa hora, ninguém mais se lembra que quando o meretíssimo juiz Odilon autorizou filmagem e escuta no presídio, até mesmo a OAB fez a maior censura dizendo que estavam violando os direitos dos pacientes/advogados, mas e agora? Com certeza, muitos crimes foram impedidos, mas isto nunca saberemos oficialmente. A única certeza que ficou, é a de que esse tipo de criminoso tem que ser monitorado até quando está dormindo e a OAB que fique na dela.
 
Marcia Maria em 19/12/2010 12:51:14
As fronteiras do nosso Estado é que devem ser sumariamente vijiadas e controladas!Todo e qualquer narcotraficante que vier para MatoGrosso do Sul, é para facilitar os seus negócios ilícitos, pois trazem consigo sua família, amigos e advogados para ajudarem e facilitarem suas empreitadas.É uma vergonha nacional ter que gastar tanto dinheiro com esses narcotraficantes! Pra mim, ele tbém já está indo tarde demais!
 
simone de medeiros em 19/12/2010 12:19:58
Bom, fernandinho realmente nao presta,, mas pior sao os verdadeiros bandidos que deveriam estar fechado e ao contrario vivem solto por ai,, Ex. Os politicos do mensalao(qual a diferencia entre eles e o beira-mar?) e o pessoal da fronteira que todos sabem que sao e ninguem faz nada!!!! beira-mar e apenas Um...grato
 
eduardo pereira em 19/12/2010 11:33:31
Verdade ja foi tarde da ki a pouco ele esta de volta pois tem quem paga pra ele ficar passeando enquanto quem realmente trabalha nâo pode pois ganha uma miseria.
 
Vera Lucia R Aguero em 19/12/2010 11:18:00
Como é lindo e fácil escrever, e deixar comentários de revolta em site de jornalismo.
Vamos deixar de ser hipocritas e mentirosos, todos nós somos culpados, pois nós elegemos os corruptos, nós não fiscalizamos a nossa política, vendemos, disse VENDEMOS (todos) nossas ideologias e nossas idéias a troco de combustivel e sacolão, ou votamos em amigo da familia. A CULPA é nossa.
Se bancamos tudo isso, é por que não tem vergonha na cara de irmos para as ruas de caras pintadas e exigir exoneração, afastamento ou impeachment dos safados.
 
Alfredo Marques em 19/12/2010 10:52:00
Bem, se é para comentar e acredito que não será ofensivo a não ser para a bandidagem.
Infelizmente sai do bolso de quem paga os impostos em dia para a farra dos traficantes que estão nas maximas, só os babacas e que acham que esses bandidos não madam neste País, e agora transportam o mesmo la para Catanduvas Pr para fazerem os acertos pessoalmente com os que foram levados do Rio de Janeiro. E faço uma pergunta, porque a impremsa não comenta e não fala do capital que os grandes traficantes teem? Se fazer uma investigação séria e sem participação nos conluios, verão que os laranjas continuam zelando e aumentando a riqueza desses bandidos que hoje mantem uma guerra silenciosa contra as pessoas de bem.
 
Olídio de Aguiar - MS em 19/12/2010 07:06:53
FOI TARDE.
 
Marcelo Max em 18/12/2010 11:50:27
O pobre luta para melhorar o salário mínimo, os politicos tem megasalários, e os bandidos e de avião jatinho pra cá e pra lá, será que não da pra investir em quem realmente trabalha ?
 
MATEUS COSTA em 18/12/2010 04:59:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions