A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/12/2008 12:56

Ferroviários do Estado comemoram decisão do TST

Redação

O TST (Tribunal Superior do Trabalho) considerou improcedente o pedido da empresa ALL (América Latina Logística AS) que questionava a legalidade do mandado de segurança da 1ª Vara de Bauru que impede a prática do sistema conhecido no meio ferroviário como monocondução, no qual o trem é conduzido apenas pelo maquinista, sem o auxilio do manobrista ou do operador.

O sindicato dos trabalhadores da ferrovia comemorou a decisão do TST, que, segundo ele, garante o trabalho e emprego de dezenas de ferroviários nos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul enquadrados como auxiliares na condução dos trens, e que exercem a função de maquinista auxiliar na ferrovia.

Em sua decisão o ministro do TST, Milton de Moura França, disse que não há nenhuma ilegalidade no despacho da 1ª Vara de Bauru, pois

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions