A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/08/2015 23:03

Fiems propõe ao TRT ações para flexibilizar negociações trabalhistas

Thiago de Souza
Sérgio Longen disse que negociações devem levar em conta a crise financeira. (Foto: Unicom/Fiems)Sérgio Longen disse que negociações devem levar em conta a crise financeira. (Foto: Unicom/Fiems)

Com o objetivo de flexibilizar negociações trabalhistas entre funcionários e empregadores, o presidente da Fiems, Sérgio Longen se reuniu, nesta sexta-feira (14), com o presidente do TRT (Tribunal Regional do Trabalho), desembargador Nery Sá e Silva de Azambuja, em Campo Grande. 

Sérgio Longen destacou que, sem boa vontade por parte da Justiça trabalhista, do MPT (Ministério Público do Trabalho), patrões e empregados, será difícil conter as demissões no setor industrial, em virtude da crise financeira.

Ainda de acordo com Longen, todos os atores envolvidos no processo precisariam criar alternativas para ajustar as negociações coletivas à realidade do setor industrial. “Temos de encontrar um ponto de equilíbrio em prol da manutenção do emprego”, lembrou o presidente da Fiems, destacando que a ação envolvendo todas as partes é inédita.

O presidente do TRT/MS, Nery Azambuja, considera possível a criação desse grupo de trabalho em prol da manutenção do emprego do trabalhador da indústria, e disse que vai levar a demanda ao setor responsável pelo tema. Ele destaca que é importante discutir os melhores caminhos para o desenvolvimento do Estado, ainda mais neste momento de crise financeira em que a empregabilidade precisa ser mantida.

A reunião com sindicatos de empregados e da indústria, foi realizada na última quinta-feira (13). 

 

TRT reconhece acúmulo de função de motorista que exercia papel de cobrador
Desembargadores da 2ª Turma do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 24ª Região decidiram, por unanimidade, manter a decisão da 2ª Vara do Trabalho ...
Justiça condena funcionário por falsificar atestado médico
A 5ª Vara Criminal de Campo Grande condenou Marcelo de Jesus Ferreira, a dois anos e quatro meses de reclusão e 20 dias-multa em regime aberto, subst...
Justiça condena autoescola por "sumir" com dinheiro de alunos
Uma autoescola de Bataguassu, a 347 quilômetros de Campo Grande, tentou recorrer, porém a Justiça não aceitou, e manteve a condenação da empresa por ...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions