ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Filho do Lula de 22 anos seria alvo de seqüestros

Por Redação | 07/08/2008 10:47

O filho do presidente Luís Inácio Lula da Silva que seria alvo de seqüestros, é Luis Cláudio Lula da Silva, 22 anos, auxiliar de preparação física do Palmeiras. O estudante de Educação Física esteve em Campo Grande no início do ano, junto com a equipe paulista.

Segundo reportagem do portal Terra, o presidente Lula sabia há dois meses do plano feito por Luís Fernando da Costa, o Beira-Mar, Juan Carlos Ramirez Abadía, José Reinaldo Girotti e João Paulo Barbosa, com ajuda de parentes e advogados. Desde então, a segurança do acadêmico foi reforçada.

Além do filho de Lula, também seria alvo do plano ou o senador Magno Malta (PR-ES) ou uma das filhas dele. O senador é presidente da CPI da Pedofilia e já foi responsável pela CPI do Narcotráfico.

O seqüestro de autoridades e parentes delas, era um dos planos que os quatro tinham para fugir da Penitenciária Federal de Campo Grande. Outro era invasão do presídio, que teria sido frustrada em abril deste ano, e ainda a interceptação de comboio quando um deles estivesse sendo levado para audiência.

Os planos foram descobertos há seis meses através de interceptações telefônicas de advogados e parentes. A intenção era seqüestrar para trocar por fuga. Ou seja, a quadrilha devolveria o seqüestrado caso conseguisse sair da prisão.

Na segunda-feira (4) a PF (Polícia Federal), MPF (Ministério Público Federal) e Justiça Federal, deflagraram a Operação X, que além de atuar em flagrante os quatro detentos do presídio federal, prendeu também em flagrante a ex-mulher de Beira-Mar Ivana Pereira de Sá, o advogado de Girotti, Wladimir Búlgaro, e Leandro Oliveira dos Santos e Leonice de Oliveira.

Nos siga no Google Notícias