A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/02/2010 07:48

Fim convênio deixa Pastoral da Criança sem multimistura

Redação

Com a fim do repasse da Prefeitura Municipal de Campo Grande, a Pastoral da Criança deixou de produzir 2 toneladas de multimistura, farinha usada para reforçar a alimentação e combater a desnutrição. Parte das 4 mil crianças atendidas pela entidade, além de idosos, deixaram de receber o suplemento alimentar desde janeiro do ano passado, quando o município encerrou o convênio mantido há 12 anos.

Há um ano, as voluntárias da Pastoral da Criança passaram a ter outras preocupações, além de pesar e acompanhar o desenvolvimento das crianças. Segundo a coordenadora diocesana da entidade, Rita Samaniego, elas são obrigadas a viabilizar recursos para comprar os produtos e ainda encontrar tempo para fabricar a multimistura.

Nos últimos 12 anos, a prefeitura repassava o dinheiro para adquirir os produtos e pagar dois funcionários da fábrica. Eles produziam 2 toneladas por mês, sendo que 50% ficava com a pastoral e 50% era distribuído pelas unidades de saúde da rede pública.

Dobrado

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions