A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/05/2008 18:26

Fim de licença-prêmio e taxação geram protestos na PM

Redação

Representantes dos oficiais e praças da Polícia Militar iniciam amanhã a discussão sobre dois dos projetos encaminhados pelo governo Estadual à Assembléia Legislativa, que dispõem sobre o fim da licença especial e a taxação dos inativos em 11%.

As matérias foram enviadas ao Legislativo pelo governador André Puccinelli (PMDB) hoje, ao lado de seis projetos que definem os índices de reajuste dos servidores por categoria.

As propostas para a PM incluem o fim da licença-prêmio de seis meses concedida a cada dez anos de serviço. Em caso do policial ir para a reserva sem gozar o benefício, tem direito a receber em dinheiro o valor equivalente.

Já a taxação dos inativos em 11% dos provento existe em caráter federal, mas, até então, não tinha regras claras em Mato Grosso do Sul, conforme relataram entidades sindicais ligadas aos policiais militares.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions