A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/04/2009 18:18

Fiscal do CRO conta como conseguir escapar de "ataque"

Redação

O fiscal do CRO (Conselho Regional de Odontologia), Elias Mouras do Nascimento, conta como conseguiu escapar ao ataque de José Valdir Pires, que o esfaqueou durante fiscalização feita no local onde Pires fazia próteses dentárias iregularmente, na cidade de Iguatemi, distante 490 quilômetros de Campo Grande. Nascimento conta que estava sozinho na sala e, depois de ter sido atingido pelas costas, foi salvo pelo agente da Vigilância Sanitária, que arrombou a porta e libertou o fiscal.

Nascimento explica que já havia ido ao local várias vezes e notificado Pires por exercício ilegal da profissão. O filho de Pires é protético, no entanto, ele não tem habilitação para a atividade.

Na quarta-feira, quando foi inspecionar o consultório, Nascimento estava com outro fiscal do CRO e agentes da Vigilância Sanitária. Ele afirma que não tinha preocupações relacionadas ao trabalho porque jamais sofreu qualquer tipo de agressão.

"Nunca soube de um tipo de agressão contra fiscal no Brasil", destaca. Pires se apresentou à Polícia Civil, na presença de um advogado, para prestar depoimento.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions