ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 10º

Cidades

Frio pode ser a causa da morte de homem achado em rio

Por Redação | 12/05/2010 14:15

O frio de 4,7° registrado na madrugada de hoje em Campo Grande pode ser a causa da morte de Cícero de Paula Oliveira Abreu, de 39 anos, cujo corpo foi achado nesta manhã no rio Anhanduí, bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

Peritos informaram que o corpo de Cícero estava com os braços próximos do corpo e as pernas estendidas, mas cruzadas. Para a perícia, a posição pode indicar que ele estava com frio no momento da morte.

O corpo está no IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. De acordo com o Instituto, a posição em que ele foi achado difere dos casos de afogamento, em que os braços ficam relaxados.

Segundo informado pela Polícia Civil, não foram encontrados indícios de que possa ter havido um crime no local, mas a hipótese de homicídio não é descartada. Apenas laudo necroscópico que deverá ser elaborado em dez dias poderá indicar a causa da morte.

De acordo com a Polícia, as pegadas encontradas na areia próximo ao corpo eram compatíveis com o chinelo da vítima que foi encontrado próximo do local. No corpo também não havia nenhuma lesão aparente. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

O corpo do homem foi visto nesta manhã por Janete da Silva Barbosa, de 20 anos, que acionou o Corpo de Bombeiros.

Abreu era natural Juazeiro do Norte (CE) e tinha outros cinco irmãos.

Nos siga no Google Notícias