A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/02/2009 15:38

Funai em Dourados perde oito toneladas de alimentos

Redação

Oito toneladas de alimentos que estavam armazenados no prédio da Funai (Fundação Nacional do Índios) em Dourados tiveram o prazo de validade vencido por conta do atraso na entrega. Quatro toneladas de feijão e quatro de fubá não poderão ser distribuídas.

Com a perda, as 13 mil cestas básicas destinadas aos índios terão apenas cinco itens. Segundo a responsável pela segurança alimentar da superintendência, Lizandra Schuaiga, não há possibilidade de fazer a reposição dos produtos vencidos.

Ela explica que a distribuição das cestas estava sendo feita no final do mês de janeiro. Antes de concluir a entrega nas aldeias, o prédio da Funai foi fechado por conta da manifestação dos índios que exigiam a saída da atual administradora, Margarida de Fátima Nicoletti.

"A gente não teve como fazer a montagem das cestas", justifica Schuaiga.

Os trabalhos na preparação dos alimentos foram retomados hoje, mas quando o serviço começou a ser realizado foi descoberto o problema. De acordo com a responsável, a distribuição começa a ser feita a partir de amanhã. Ainda há 13 mil cestas para serem entregues.

Segundo a Funai, ainda não ficou definido o que será feito com os alimentos vencidos, que já não podem mais ser consumidos. Nas cestas, os indígenas irão receber apenas arroz, açúcar, leite em pó, macarrão e óleo.

A Funai de Dourados atende aldeias mais pobres do estado, da etnia guarani. A morte de crianças por desnutrição é um dos agravantes na realidade das comunidades da região.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions