A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/04/2009 09:57

Futuro de PM condenado por estupro será decidido hoje

Redação

O futuro do comandante da (Polícia Militar) de Coxim, tenente-coronel Márcio Vilassanti Romero, poderá ser decidido ainda hoje. Condenado a 14 anos de prisão por estupro e atentado violento ao pudor, ele conseguiu liminar para aguardar o recurso em liberdade na tarde de ontem, dois dias depois de ter sido preso.

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Geraldo Garcia Orti, ele deverá se reunir com o tenente-coronel hoje à tarde. Orti afirma que somente após ter conhecimento da sentença irá adotar uma medida em relação ao comando de Coxim, cidade distante 260 quilômetros de Campo Grande.

"Acredito que até o fim do dia isso deve ter sido resolvido", completa Orti. Márcio Vilassanti era comandante do município de Jardim à época dos crimes, em 2002.

O oficial foi condenado por violência sexual contra uma mulher da cidade, cujo nome será preservado. Passados sete anos, a Justiça condenou o tenente-coronel.

Ele ficou preso de segunda a quarta-feira no Presídio Militar de Campo Grande. Na tarde de ontem, a Justiça concedeu liminar para que recorra à sentença em liberdade. A defesa do oficial afirma que ele deverá reassumir suas funções na PM.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions