ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Governo diz que em 180 dias será definida construtora de 1,2 mil casas

Por Paulo Nonato de Souza | 06/11/2017 16:13
O governador Reinaldo Azambuja com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, em uma das reuniões para viabilizar a construção de casa em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)
O governador Reinaldo Azambuja com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, em uma das reuniões para viabilizar a construção de casa em Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)

Com recursos do programa federal “Minha Casa, Minha Vida”, Campo Grande terá a construção de 1.234 novas casas populares em 2018. Em 180 dias deverá ser concluída a análise para a contratação da empresa que irá construir as unidades habitacionais, anunciou o Governo do Estado nesta segunda-feira (6).

Estão previstos dois novos residenciais em áreas cedidas pelo Governo do Estado, que ainda entrará com a contrapartida financeira de R$ 25 milhões. Conforme informação do Ministério das Cidades, um dos conjuntos de casas será construído no Jardim Inápolis, na região do Distrito Indubrasil.

“Além do pacote de R$ 180 milhões em obras já destravadas na Capital, o trabalho que temos feito em parceria com a prefeitura conseguiu garantir a retomada dos projetos habitacionais na cidade”, destacou o governador Reinaldo Azambuja.

Além de Campo Grande, foram habilitados projetos para construção de cem unidades habitacionais em Paranaíba e outras cem em Sete Quedas. “O Estado está presente nos 79 municípios, todos estão tendo ou terão investimentos em infraestrutura”, lembrou o governador.

Os projetos selecionados para construção pelo Programa Minha Casa, Minha Vida estão enquadrados na modalidade FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) em que serão beneficiadas famílias cadastradas nas agências de habitação.