A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/03/2016 11:34

Governo vai pavimentar rodovia que liga Aquidauana aos seus distritos

Ricardo Campos Jr.
Reinaldo Azambuja durante o Dia D da Caravana da Saúde em Aquidauana (Foto: Marcos Ermínio)Reinaldo Azambuja durante o Dia D da Caravana da Saúde em Aquidauana (Foto: Marcos Ermínio)
Projeto realiza pequenas cirurgias para desafogar filas de espera (Foto: Marcos Ermínio)Projeto realiza pequenas cirurgias para desafogar filas de espera (Foto: Marcos Ermínio)

O Governo Estadual vai pavimentar a MS-262, que liga Aquidauana aos distritos de Palmeiras, Piraputanga e Taunay. O anúncio foi feito por Reinaldo Azambuja (PSDB) durante o Dia D da Caravana da Saúde no município, localizado a 135 quilômetros de Campo Grande.

Ainda segundo o governador, no dia 19 de abril, quando se comemora o Dia do Índio, deve ser lançado ainda um grande programa da Subsecretaria de Assuntos Indígenas para fomentar o desenvolvimento das aldeias da região.

Serão fornecidos insumos e assistência técnica para que as populações tradicionais possam produzir e obter renda.

Caravana - O atendimento do projeto em Aquidauana começou no dia 14. Segundo o governador, que está no local neste sábado, somente no município pantaneiro serão 2,6 mil cirurgias de olho, 38 somente hoje.

Além disso, também estão previstas, pelas informações oficiais, contabilizar 5,5 mil consultas oftalmológicas, 242 cirurgias hospitalares, incluindo gerais, de urologia e ortopedia, e 900 exames em várias especialidades.

No dia D, a estrutura inclui parceiros como a Justiça Itinerante, com atendimentos nesta área, e o Lions Club, que faz a distribuição de 1 mil armações de óculos, e uma carreta onde é feito exame preventivo de câncer, atividades de lazer e leitura. A concentração é na Avenida Pantaneta, incluindo tendas e os veículos com os equipamentos e pessoal especializado.

Reinaldo, além de reiterar que a Caravana da Saúde nasceu de pedido dos eleitores, aferido ainda durante a campanha eleitoral, em 2014, comenta que em um ano de projeto foram em torno de 30 mil cirurgias. O governador também adiantou que Dourados e Campo Grande serão os próximos municípios a receberem a iniciativa.

O deputado estadual Felipe Orro (PSDB), que trocou retornou ao partido nesta semana, acompanhou as ações junto com Azambuja e ressaltou que o projeto serve como modelo para o Brasil pelo seu caráter transformador, já que em um ano e meio fez mais cirurgias do que nos últimos dez anos, melhorando a vida de várias pessoas.

“Foi um grande ano para a saúde pública de Mato Grosso do Sul. O governador é um exemplo de moralidade”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions