A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/08/2010 17:24

Grupo preso com 500 aves é multado em R$ 2,5 milhões

Redação

Os quatro homens que foram presos ontem por traficarem 500 canários-da-terra foram multados pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) em R$ 2,5 milhões, sendo R$ 5 mil para cada pássaro apreendido. Os pássaros foram soltos nesta quarta-feira em uma fazenda próximo ao distrito de Albuquerque, no Pantanal.

A apreensão dos pássaros foi realizada em operação conjunta do Ibama e Polícia Federal. As aves estavam em 12 gaiolas, que eram levadas em um táxi e uma caminhonete. A abordagem foi feita próximo ao pedágio do porto Morrinho.

A identificação das aves foi realizada por biólogos do Ibama e um professor da UFMS (Universidade Federal Mato Grosso do Sul), que constataram que os canários são procedentes da região pantaneira, ecossistema comum entre Brasil e Bolívia.

Ademir Ribeiro, fiscal do Ibama lavrou a multa com base no laudo dos dois biólogos que consideram as aves ameaçadas de extinção. A multa foi de 5 mil reais para cada exemplar apreendido.

Os pássaros seguiriam para Belo Horizonte (MG). De acordo com o Renctas (Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres), o tráfico internacional de animais silvestres chega a movimentar perto de 20 bilhões de reais por ano.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions