A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

26/07/2017 17:01

Há 16 anos no Exército, militar fica inválido e receberá indenização milionária

As seguradoras Bradesco Seguro e Vida e Mapfre Vida terão que pagar juntas R$ 1.365.778,20 do seguro de vida

Lucas Junot
O juiz entendeu que as lesões decorrem do serviço militar, sendo devida a indenização (Foto: Reprodução)O juiz entendeu que as lesões decorrem do serviço militar, sendo devida a indenização (Foto: Reprodução)

As seguradoras Bradesco Seguro e Vida e Mapfre Vida terão que pagar juntas R$ 1.365.778,20 em indenização por seguro de vida a um militar do Exército, que ficou parcialmente inválido depois de uma marcha de 16 quilômetros com uma mochila pesada que causou lesões em sua coluna, em 2012.

O juiz da 2ª Vara Cível de Aquidauana, Juliano Duailibi Baungart, ressaltou que o militar comprovou por meio de laudos periciais que ficou impossibilitado de continuar exercendo suas funções devido a invalidez parcial e permanente em decorrência de hérnia de disco em coluna cervical, torácica e lombar associada com radiculopatia.

Para o magistrado, ficou claro as lesões ocorreram em decorrência das condições do trabalho por mais de 16 anos no serviço militar. Não havendo como prosseguir na carreira, o militar faz jus à indenização securitária.

A seguradora Bradesco contestou a ação, alegando que não houve um pedido administrativo com relação aos danos sofridos pelo militar e que a debilidade seria decorrente de doença degenerativa não coberta pelo seguro contratado, não havendo motivo para receber a indenização.

Já a Mapfre sustentou que os pedidos do autor são improcedentes, pois não houve comprovação de qualquer quadro coberto pelo seguro contratado.

“Como logo se percebe, o contrato pactuado entre os litigantes prevê, expressamente, que o segurado terá o direito ao recebimento de um adicional no valor equivalente a 200% da cobertura básica, devendo, pois, lhe ser pago a respectiva quantia”, finalizou o juiz.

Supremo tem cinco votos a favor do ensino religioso confessional na rede pública
Cinco ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já votaram a favor de que o ensino religioso nas escolas públicas possa ser confessional, com a adm...
Liminar que permitiria fazer o Revalida 2017 sem diploma é suspensa
A liminar que permitia aos inscritos no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superiores Estrangei...
Índice de mortalidade por suicídio em MS é maior que média nacional
O setembro amarelo, mês que simboliza a prevenção ao suicídio, nunca foi tão necessário. Isso porque dados inéditos sobre o tema, divulgados nesta qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions