A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/07/2012 18:53

Helicóptero da Sejusp é exposto em feira de segurança de SP

Nicholas Vasconcelos

Aparelho avaliado em R$ 6 milhões ainda não opera por falta de piloto. Sejusp afirma que transporte foi custeado por fabricante.

Helicóptero da Sejusp é exposto durante feira de segurança em SP. (Foto: Divulgação)Helicóptero da Sejusp é exposto durante feira de segurança em SP. (Foto: Divulgação)

O helicóptero da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) de Mato Grosso do Sul está em exposição na 12ª Interseg (Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos de Segurança Pública) em São Paulo, considerada maior evento do setor da América do Sul.

Segundo a fabricante Helibras, o aparelho da Sejusp é o primeiro do modelo AS350 B3 e a versão mais moderna da família Esquilo. Ele está em exposto como forma de atrair possíveis compradores para o modelo.

A aeronave avaliada em R$ 6,6 milhões está parada no hangar do Governo do Estado no aeroporto Internacional de Campo Grande, por falta de piloto habilitado e de seguro para voo. A compra do helicóptero foi anunciada em 2009, quando foi firmado convênio entre o Estado e o Governo Federal, com contrapartida de 1% de MS.

De acordo com a Sejusp, o helicóptero precisa ser levado para São Paulo para passar por manutenção e como havia o interesse do fabricante na exposição, o transporte foi custeado pela Helibras.

A secretaria não tem previsão do inicio de operação do aparelho, já que é necessário que o piloto tenha no mínimo 500 horas de voo para que o seguro seja feita.

O helicóptero deve permanecer em exposição na Interseg até esta terça-feira (24) e depois retorna para Mato Grosso do Sul.



Precisaríamos de ao menos DOIS helicópteros desse em condições de uso no nosso Estado. Além dos roubos a bancos no interior, o suporte aéreo para as viaturas na capital é indispensável. Que pena que o Governo tá preocupado com outras coisas...
 
carlos moraes em 24/07/2012 07:51:50
Ola Sanzartino, só esclarecendo a aeronave em epigrafe deixar de operar, não é por falta de profissionais qualificados, e sim por que o estado não adquiriu o seguro para utilização do equipamento. Temos vários profissionais habilitados a pilotagem desse equipamento, tanto PM quanto PC. Meu questionamento é qdo sera utilizado para coibir a escalada do crime no MS.
 
flavio andrade em 24/07/2012 02:00:43
Para que foi comprado???
 
WILLIAM FERNANDES OLIVEIRA em 23/07/2012 09:51:13
É como todo mundo faz. Primeiro compra o carro para depois tirar habilitação. A Sejusp não pensou que um dia poderia comprar um helicóptero, por isso nunca investiu em seus funcionários, nem naqueles puxa sacos. Não liga não, seis milhões não é nada. Depois da exposição, deixa ele no angar até ficar ultrapassado e não funcionar mais. Daqui uns anos aparece um piloto, ai compra outro. Moleza.
 
sanzartino ferreira em 23/07/2012 09:03:47
Enquanto a aeronave está exposta para fotos, os assaltos que ocorrem em Campo Grande precisam de apoio da PRF para tentar localizar os bandidos.

Faz a minha matrícula em um curso e me contrata para ser piloto dessa máquina!
 
Luciano Silgueiros em 23/07/2012 08:23:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions