A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/08/2010 15:10

Homem alega que defendia filha ao disparar contra jovem

Redação

Wolney Cunha Duarte de Araújo, preso por tentar matar um jovem de 20 anos a tiros, disse que cometeu o crime para defender a filha de 11 anos. Ele foi apresentado nesta tarde na 2ª Delegacia de Polícia da Capital.

Durante depoimento prestado à Polícia, ele alegou que a vítima, Cassio de Jesus Oliveira, de 20 anos, havia tentado molestar sua filha.

No mesmo depoimento, Araújo apresentou a versão de que tinha uma dívida de drogas com a vítima e estava sendo ameaçado. Ele falou também que não se arrepende do crime e ressaltou que tinha clara intenção de matar o jovem.

Segundo informado pelo delegado Fábio Sampaio, da 2ª delegacia, onde o caso é investigado, a Polícia irá apurar as informações contidas na versão do autor dos disparos.

Cássio Oliveira recebeu alta do hospital no início da tarde de hoje.

Crime - Por volta das 22h45 do último sábado (7), Wolney Cunha Duarte de Araújo foi à residência de Cássio Oliveira junto com dois comparsas para matá-lo.

Eles arrombaram a porta da casa e Araújo conseguiu chegar ao quarto onde a vítima dormia com a esposa.

Cássio foi atingido por vários tiros no tórax e foi internado em estado grave na Santa Casa, mas recebeu alta no início desta tarde.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions