A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/07/2010 08:18

Imagem complica situação de suspeito de matar arquiteta

Redação

Imagens do circuito interno da conveniência Sadan Festas, na avenida Três Barras, em Campo Grande, complicam ainda mais a situação do empresário Luiz Afonso Santos de Andrade, preso como suspeito do assassinato da esposa, a arquiteta Eliane Nogueira, de 39 anos.

As imagens mostram que às 4h05 de sexta-feira passada, quando o corpo de Eliane foi encontrado carbonizado, Luis Afonso foi até a conveniência, estacionou do outro lado da rua, usando o veículo Polo da arquiteta. Entrou no prédio, tentou comprar álcool líquido e como não havia, levou uma caixa de fósforo, um isqueiro, uma carteira de cigarros e uma pastilha.

Cerca de 22 minutos após, foi filmado pelas câmeras da conveniência voltado a pé. Os bombeiros foram chamados pouco depois das 4h para combater o incêndio no veículo Polo, quando foi descoberto o corpo da arquiteta, na uma rua Manoel da Nóbrega, uma via de terra na divisa entre os bairros Vilas Boas e Parque Dallas, próximo dali.

Nas imagens, Luiz Afonso aparece com uma camiseta preta. No dia do crime, ele foi encontrado em seu escritório com outra roupa e uma camiseta preta foi encontrada lavada, em sua empresa de iluminação. A roupa foi apreendida como parte das investigações.

Policiais da 4ª Delegacia de Polícia, que investigam o caso, ficaram na conveniência das 14h de ontem até por volta de 1h de hoje.

O dono da conveniência, Sandan Hassan, não permitiu o acesso às imagens. Segundo o empresário, Luiz Otávio ficou menos de 5 minutos no local. A conveniência tem 5 câmeras, três externas e duas internas, que também registraram a presença do empresário no local.

O delegado que cuida do caso, Wellington de Oliveira, concede entrevista coletiva daqui a pouco sobre o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions