ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Indígenas detidos em Amambaí recebem atendimento médico

Por Redação | 25/08/2008 18:23

Indígenas detidos no EPAM (Estabelecimento Penal de Amambaí) estão recebendo desde início deste mês atendimento médico e odontológico de profissionais da Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

A iniciativa e parte de uma parceria entre a Funasa, Funai (Fundação Nacional do Índio) e Agepen (Agência Estadual de Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul) que permite que os indígenas sejam avaliados por profissionais da saúde.  Esse trabalho fará parte da rotina dos internos daquele estabelecimento.

Conforme a enfermeira e coordenadora técnica do Pólo-Base da Funasa em Amambaí, Maisa Rodrigues Nascimento, tanto os atendimentos médicos como odontológico serão realizados dentro da unidade.

Segundo a Agepen, o Estabelecimento Penal de Amambaí abriga 191 detentos, sendo 47 indígenas, entre 43 homens e uma mulher no regime fechado e mais três do regime semi-aberto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário