A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/02/2011 11:00

Índios perdem voo e Justiça decide se mantém ou adia júri do Caso Veron

Aline dos Santos
Líder indígenas, Marcos Veron foi morto em 2003.Líder indígenas, Marcos Veron foi morto em 2003.

Previsto para começar as 10h (horário de Mato Grosso do Sul), o julgamento dos acusados pela morte do líder indígena Marcos Veron ainda não começou no fórum federal Jarbas Nobre, em São Paulo.

Os indígenas perderam o voo e a Justiça ainda decide se iniciará o júri sem a presença das vítimas ou adia o julgamento para amanhã. Conforme a assessoria de imprensa da justiça federal, estão previstos os depoimentos de sete vítimas.

A pedido do MPF (Ministério Público Federal), o julgamento foi transferido de Dourados para São Paulo. Os motivos foram o poder econômico e a influência social do proprietário da fazenda, que teria negociado com dois índios a mudança de seus depoimentos. Este foi o terceiro caso de desaforamento interestadual do Brasil.

Marcos Veron, de 72 anos, foi assassinado em 2003, em Juti. Estão no banco dos réus três seguranças acusados pela autoria do crime: Estevão Romero, Carlos Roberto dos Santos e Jorge Cristaldo Insabralde.

Eles são acusados de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe e meio cruel, tortura, seis tentativas qualificadas de homicídio, seis crimes de sequestro, fraude processual e formação de quadrilha. Outras 24 pessoas foram denunciadas por envolvimento no crime. A acusação vai pedir pena máxima, o que pode resultar em mais de 30 anos de prisão.

Marcos Verón foi agredido com socos, pontapés e coronhadas de espingarda na cabeça. Ele morreu por traumatismo craniano.



Depois nós mesmos reclamamos do tal de "programa de índio"...
Como é que a delegação de lideres indígenas perde o vôo. Era para os assessores deles, seja Funai, Cimi ou outra, terem embarcado com eles um dia antes. Todo mundo faz isso. Veja se o outro lado já não está lá no Tribunal.
Um julgamento desse quilate é sério e pode ser exemplo para outras demandas indigenas, por isso não se deve tratar isso com comiseração ou de forma amadora, afinal, os Povos Indigenas ao exigirem justiça, também querem ser tratados com respeito.
 
Marcos Terena em 21/02/2011 11:25:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions