A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Março de 2019

22/09/2009 17:15

Infraero cobra esclarecimento de problema com comida

Redação

A Infraero cobrou esclarecimentos do restaurante S.A Antunes Vasconcelos, responsável pelo fornecimento das refeições servidas a militares do Corpo de Bombeiros, que se sentiram mal depois de ingerir alimentos servidos em curso ministrado no Aeroporto de Campo Grande. A empresa que administra o aeródromo deu prazo de 24 horas para que o restaurante repasse as informações necessárias.

A assessoria de imprensa da Infraero explica que de 14 de setembro a 02 de outubro é realizado o curso para Formação Técnica de Bombeiros de Aeródromo no setor contra incêndio do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Também foi realizado de 30 de agosto a 04 de setembroo Curso de Operação de Carros Contra Incêndio.

Trata-se de dois cursos oferecidos pela Infraero aos bombeiros militares que prestam serviço no aeroporto devido a convênio firmado com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Para a realização dos treinamentos, foi feita licitação para contratar o restaurante responsável pelo fornecimento das refeições.

Por meio de carta, o Corpo de Bombeiros comunicou hoje a Infraero que os intrutores do curso e 33 militares tiveram vômito e diarréia no dia anterior.

Entretanto, a Infraero afirma não ter recebido informação acerca de pessoas que tenha sido internadas em hospitais depois de ingerir refeições no local.

O Campo Grande News apurou que três militares precisaram de atendimento médico devido ao problema. Fiscais da Vigilância Sanitária de Campo Grande fizeram inspeção hoje no aeródromo para investigar o caso.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions