A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/10/2010 09:47

Inquérito da morte do vereador já corre em sigilo

Redação

A investigação do assassinato Vereador Carlos Antonio Costa Carneiro corre, oficialmente, em sigilo. A Delegada de Polícia Rozeman Geise Rodrigues de Paula, da 1ª DP de Campo Grande, solicitou a medida.

O Código de Processo Penal prevê a medida para o inquérito quando necessário. "A autoridade assegurará no inquérito o sigilo necessário à elucidação do fato ou exigido pelo interesse da sociedade", diz o artigo 20.

Quando o inquérito está em sigilo, não são divulgados documentos, provas, depoimentos ou nomes de suspeitos e envolvidos.

Essa medida vale enquanto o inquérito está na Polícia Civil, quando for encaminhado ao Poder Judiciário, o magistrado poderá ou não manter o sigilo.

A delegada Rozeman informou que o Inquérito Policial será relatado no prazo legal de 10 (dez) dias, devido à prisão dos indiciados. No entanto, ainda serão feitas outras diligências em autos complementares para serem acrescentadas depois.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions