A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

01/07/2019 20:03

“Cruel do PCC” e “Daltinho” são presos com 200 quilos de maconha em casa

Dupla disse que paraguaio havia oferecido R$ 2mil para que eles guardassem a droga

Clayton Neves e Helio de Freitas, de Dourados
Carga de droga apreendida pela polícia na casa dos suspeitos. (Foto: Adilson Domingos) Carga de droga apreendida pela polícia na casa dos suspeitos. (Foto: Adilson Domingos)

João Henrique Paes Roque, de 25 anos, conhecido como “Cruel do PCC” e Maycon Diego de Oliveira, de 31, o “Daltinho”, foram presos na tarde desta segunda-feira (1°), em Dourados, depois de serem flagrados com 200 quilos de maconha em uma casa no Bairro Vila São Braz.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, equipe da polícia recebeu denúncia de que a dupla estaria vendendo drogas na residência que, inclusive, fica próximo a uma escola.

Policiais foram até o local e, ao se aproximarem, flagraram o momento em que um dos autores saiu correndo em direção a um dos quartos com as mãos na cintura. Lá, foram encontrados quatro fardos e sete tabletes de maconha. Pesada, a droga somou 200 quilos.

Questionados, os investigados disseram que Maycon morava na casa e teria recebido a proposta de um paraguaio para guardar a droga no local em troca de R$ 2 mil que seriam divididos entre eles. Segundo eles, a maconha estava na residência há dois dias e seria retirada ainda esta semana.

João Henrique e Maycon foram presos em flagrante e levados junto com a droga para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da cidade, onde o caso foi registrado como tráfico de drogas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions