A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/12/2017 12:03

Inquérito sobre assassinato de pecuarista desaparece de delegacia

Segundo a delegada Joilce Silveira Ramos, o inquérito já foi localizado nas dependências da delegacia e o fato comunicado ontem (6) a promotora

Viviane Oliveira e Aline dos Santos
Reinaldo Kaburé foi morto a tiros pela amiga da esposa (Foto: Reprodução/ Facebook)Reinaldo Kaburé foi morto a tiros pela amiga da esposa (Foto: Reprodução/ Facebook)

O Ministério Público abriu investigação para apurar o sumiço do inquérito policial de dentro da delegacia sobre a morte do pecuarista e ex-candidato a vice-prefeito, Reinaldo Martins de Souza, 59 anos, no dia 10 de julho deste ano, em Nioaque, distante 179 quilômetros de Campo Grande.

A investigação, para apurar o extravio do documento, determinada pela promotora Ana Carolina Lopes de Mendonça Castro, foi publicada nesta quinta-feira (7) no Diário Oficial do Ministério Público. A informação sobre o extravio do documento chegou até o Ministério Público no dia 29 do mês passado.

Segundo a delegada Joilce Silveira Ramos, responsável pela delegacia do município, o inquérito já foi localizado nas dependências da delegacia e o fato comunicado ontem (6) a promotora. Ela disse que o extravio não causou prejuízo, pois havia cópias integral. Joilce explica que o documento foi extraviado no período em que estava de licença médica. Na ocasião foi substituída pela delegada de Bonito, que apenas atendia casos emergenciais. Joilce vai pedir prorrogação do prazo para encerrar o inquérito.

Caso - Ex-candidato a vice-prefeito e pecuarista, Reinaldo Martins de Souza, 59, conhecido como Reinaldo Kaburé, discutia com a mulher, quando atingido por dois tiros, disparados por Marielli Simões Burgo, amiga da esposa da vítima. A mulher se apresentou à polícia dois dias depois, alegou legítima defesa e foi liberada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions