A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

20/11/2018 11:07

Adolescentes são alvo de operação contra assassinatos por vingança

A ação mira envolvidos em três assassinatos ocorridos no ano passado em Três Lagoas

Guilherme Henri
Presos e apreendidos em operação na delegacia (Foto: André Barbosa/ JPNews)Presos e apreendidos em operação na delegacia (Foto: André Barbosa/ JPNews)

Pelos menos dois adolescentes foram apreendidos e oito pessoas presas durante a “Operação Nêmesis”, deflagrada na manhã desta terça-feira (20) em Três Lagoas – a 338 km da Capital. A ação mira envolvidos em três assassinatos ocorridos no ano passado na cidade que faz divisa com o estado de São Paulo. Os casos foram motivados por vingança.

Segundo o jornal JPNews, os envolvidos prestam depoimento na delegacia do município. As apreensões e prisões ocorreram nos bairros Guanabara e Vila Haro. Os nomes dos presos ainda não foram divulgados.

São pelo menos 10 mandados de prisão e oito de busca e apreensão. Alguns são cumpridos no Presídio de Segurança Média do município.

Investigações apontam que a ordem de execução de alguns casos foi dada de dentro da unidade penal, informou o delegado regional Rogério Makert. No presídio, os mandados são contra três detentos.

As vítimas assassinadas, que motivaram a operação são: Maciel Soares de Souza Junior – morto no dia 5 de maio de 2017; Paulo Vieira da Silva, assassinado dois dias depois e Giovane Jorge de Oliveira da Silva, que está desaparecido há um ano, porém é considerado morto pela polícia.

Operação - A operação conta com pelo menos 100 policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar, Polícia Federal, Garras (Grupo Especializado de Repressão a Sequestro, a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestro), além de policiais do grupamento aéreo.

A operação foi batizada como Nêmesis, que é uma deusa da mitologia grega, conhecida também como a deusa da vingança.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions