ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Advogada com a gripe morre 15 minutos após chegar em hospital

Por Adriano Fernandes | 20/04/2018 22:53
"A vítima fez três passagens pelo hospital, com sintomas semelhantes". (Foto: Reprodução)
"A vítima fez três passagens pelo hospital, com sintomas semelhantes". (Foto: Reprodução)

A advogada Mônica Reis, de 30 anos, morreu na noite dessa quinta-feira (19), vítima da gripe, e apenas 15 minutos depois de chegar a Santa Casa de Naviraí, cidade a 366 quilômetros de Campo Grande.

A causa da morte pelo virús H3N2, no entanto, só foi confirmada nesta sexta-feira (20), após resultado divulgado pelo Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul), segundo o site o Vigilante. “A vítima teve três passagens pelo hospital, com sintomas semelhantes e, assim que colhemos o material, ela teve uma parada cardiorrespiratória e infelizmente faleceu”, afirmou o secretário de saúde do município, EdvanThiago Barros Barbosa.

Barbosa, ainda ressaltou que a advogada já tinha sido classificada como paciente de risco e estava aguardando o atendimento, quando não resistiu. Todas as medidas necessárias, tanto no hospital quanto com a família da advogada, já foram tomadas. “Nós acreditamos ser este um caso isolado e teremos a programação de vacinação a partir da próxima segunda-feira (23)”, conclui.