ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Advogado alega que suspeito de esfaqueamento não tinha intenção de roubar vítima

Segundo advogado, briga ocorreu após vítima ter constrangido e revoltado trio com insistência de 'ficar' com eles.

Por Mirian Machado | 23/01/2021 10:38
A polícia segue investigando o caso. (Foto: Bonito Notícias)
A polícia segue investigando o caso. (Foto: Bonito Notícias)

“O fato não tem conotação nenhuma de roubo”, afirma Lucas Arguelho Rocha de 28 anos, advogado de um dos três suspeitos de esfaquear um homem de 27 anos na madrugada do dia 15 de janeiro em Bonito, cidade há 257 km de Campo Grande. Conforme o advogado, vítima teria constrangido suspeitos após demonstrar desejo sexual por eles.

Segundo Arguelho, os acusados não tinham intenção de roubar a vítima. “Tanto é que o veículo, bem maior dela [vítima] ficou no local”, explica.

Ao Campo Grande News, o advogado relatou que conforme depoimento de seu cliente de 18 anos,  ambos se conheciam, porém após beber com a vítima o trio seguiu no carro dela quando o condutor teria desviado o caminho para um local ermo. Logo após começou a fazer provocação de cunho sexual e passou a mão nas partes intimas de um dos acusados, lhes causando constrangimento e revolta.

Momento em que começaram a discutir que evoluiu para uma briga. Sobre a facada o advogado explica que ainda não há informações quanto ao autor do golpe, mas confirma que nada foi levado do veículo da vítima. “Não se sabe se sumiu alguma coisa, mas eles não levaram nada. Eles se conheciam, não tinha razão para roubar”, conta.

Dois dos acusados prestaram depoimento e um segue foragido, segundo Arguelho.

Crime- De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por um morador de uma chácara da região informando que havia uma pessoa tentando invadir sua casa.

A caminho da propriedade rural os policiais encontraram um veículo VW gol com as portas abertas e o interior revirado. Cerca de 30 metros do carro encontraram o rapaz caído com uma facada no abdômen na MS-178. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital da cidade.

Após os primeiros atendimentos, a vítima contou que estava bebendo com três pessoas e seguiram para o local. Ao parar o carro, ela foi enforcada e esfaqueada pelo trio. Os autores fugiram levando a carteira, chave do carro e outros objetos de pequeno valor.

Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida para a Santa Casa de Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário