A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/06/2016 07:06

Agentes da Força Nacional e deputados seguem hoje para área de conflito

Renata Volpe Haddad e Helio de Freitas, enviado a Caarapó
Índios estão fazenda Yvu, onde aconteceu o conflito com fazendeiros. (Foto: Helio de Freitas)Índios estão fazenda Yvu, onde aconteceu o conflito com fazendeiros. (Foto: Helio de Freitas)

Chegaram em Caarapó, distante 283 km de Campo Grande, 20 agentes da Força Nacional na noite desta quarta-feira (15) para auxiliar as Polícias Militar, Federal e Rodoviária Federal, a fim de restabelecer a ordem pública e preservar a qualidade das pessoas e do patrimônio. A previsão é de que mais 30 agentes cheguem hoje na região da fazenda Yvu, próximo a aldeia Te’yikuê.

O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, autorizou o envio de agentes da Força Nacional, atendendo solicitação feita na manhã de ontem pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Atualmente, a Força já atua no Mato Grosso do Sul, em Ponta Porã, em apoio às ações de combate aos crimes fronteiriços. A Comitiva liderada por representantes da CDHM (Comissão dos Direitos Humanos e Minorias) da Câmara dos Deputados, sendo Zeca do PT, Vander Loubet (PT) e Paulo Pimenta (PT-RS) chegou na noite de ontem em Dourados, e visitaram os feridos que estão no Hospital da Vida.

Eles seguem para a área de conflito nesta manhã, e segundo Pimenta, a estadia deles vai depender da necessidade da situação. "Vamos dialogar com todos os setores, saber a situação de cada um. Nossa permanência no Estado vai depender da necessidade que houver", garante.

Morte - Após o conflito entre fazendeiros e indígenas, cinco pessoas ficaram feridas e o agente de saúde, Clodioudo Aguile Rodrigues dos Santos, 26, morreu. Os índios informam que o jovem morreu ao ser atingido por tiros disparados por fazendeiros. Já os produtores alegam que o agente morreu após ser atropelado por um caminhão, durante a confusão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions