A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

01/06/2011 18:53

Agentes encontram buraco com droga, dinheiro e telefone na Máxima de Dourados

Paula Maciulevicius

Detento assumiu ser dono da mercadoria e disse que comercializa a droga dentro do presídio

Agentes penitenciários encontraram um buraco debaixo da cama de um detento no Presídio de Segurança Máxima de Dourados, Harry Amorim Costa. Na cela, havia também 29 papelotes de haxixe, um carregador de telefone, dois chips de celular e R$ 255 reais em dinheiro.

A apreensão aconteceu durante operação Pente-Fino na cela 60 do raio I na tarde desta quarta-feira. Segundo o site Dourados Agora, um dos três presos que estava na cela, assumiu a autoria do crime.

Aluísio Aimi, de 45 anos, conhecido como "Tchê", escondia a droga que totalizou 28 gramas de haxixe.

Ele foi autuado por tráfico de drogas e disse à Polícia que comercializava os produtos dentro do presídio, mas não revelou como eles entram na cela.

Aluísio é gaúcho e cumpre ainda pena por furto a caixa eletrônico.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions