ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Interior

Alegando assuntos pessoais secretária de saúde pode deixar o cargo

Adjunta já tinha pedido exoneração 11 dias atrás por ter chegado ao limite emocional

Por Gabriela Couto | 16/03/2021 12:04
Secretária de Saúde de Costa Rica, Juliana Oliveira, deve pedir demissão nas próximas horas alegando problemas pessoais (Foto Divulgação)
Secretária de Saúde de Costa Rica, Juliana Oliveira, deve pedir demissão nas próximas horas alegando problemas pessoais (Foto Divulgação)

Deve ser anunciado de forma oficial, nas próximas horas, a exoneração apedido da secretária de Saúde de Costa Rica, Juliana Oliveira Dias Côrrea. Ela estava no comando da pasta desde o começo da gestão do prefeito Cleverson Alves dos Santos (PP), no dia 1º de janeiro. A reportagem tentou contato com Juliana, mas o telefone celular dela estava desligado.

Segundo o chefe do Executivo, a secretária comunicou na noite de ontem (15) que poderia deixar a função por questões de saúde. “Ela e o marido estão com problemas de saúde. Ela ainda não formalizou a saída. Vamos conversar para confirmar ainda no final da tarde. Até ontem à noite a Juliana me disse que estava querendo sair.”

A cidade não possui Hospital Municipal e tem apenas dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pactuados com a FHCR (Fundação Hospitalar de Costa) para pacientes com covid. Todos estão lotados. Dois pacientes já foram transferidos da cidade. Um deles é o vereador eleito com mais votos na última eleição, Antônio Rodrigues (PSDB). Ele e a esposa estão intubados lutando contra a doença.

No dia 05 de março, a secretária adjunta de Saúde do município, Adriana Carrijo, pediu exoneração do cargo. Nas redes sociais ela alegou esgotamento emocional em meio a pandemia. “Estou deixando meu cargo na Secretaria de Saúde, me perdoem, mas não consigo ir adiante, já não tenho paz interior para continuar ajudando, cheguei ao meu limite emocional Então, é hora de sair para que novas pessoas consigam ajudar mais e melhor que eu nesse momento tão necessitado que estamos passando. A todos peço desculpas pelas falhas, pelos erros, mas é hora de parar, ganhar foças e depois recomeçar", desabafou.

Segundo o prefeito, alguns nomes para a função da titular já estão sendo pensados como alternativa. “Tem alguns nomes em vista se ela confirmar a saída. É um momento muito crítico e tenho que escolher alguém com experiência que já tenha tocado a saúde na cidade. Alguém que tenha trabalho nos postos de saúde e conheça a Fundação. Tenho dois nomes em mente.”

A cidade adotou as medidas de restrição de circulação do governo do Estado que prevê o toque de recolher às 20h. Também é realizado a desinfecção das ruas e os parques de ecoturismo permanecem fechados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário