A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Novembro de 2017

03/10/2014 13:55

Angústia termina para parentes do Paraná, mas paraguaio ainda está desaparecido

Priscilla Peres
O que restou do barco-hotel foi retirado de dentro do rio nesta manhã. (Foto: Toninho Ruiz)O que restou do barco-hotel foi retirado de dentro do rio nesta manhã. (Foto: Toninho Ruiz)

Termina na tarde de hoje a angustia e espera dos familiares paranaenses e sobreviventes do naufrágio de um barco-hotel em Porto Murtinho - distante 431 km de Campo Grande. O corpo de Roberto Vilhana, o Tião, resgatado na quarta-feira (1°) foi enterrado nesta manhã em Alvorada do Sul e o sepultamento de Benedito Aparecido da Silva, encontrado ontem, será realizado nessa tarde em Uraí.

Dezesseis turistas do Paraná estavam a bordo do barco-hotel Sueño do Pantanal que naufragou após um tornado no dia 24 de setembro, cinco sobreviveram e os outros 11 morreram. A operação de resgate já dura dez dias e nesta manhã o que sobrou da embarcação foi retirada de dentro do rio Paraguai.

A bordo também estavam 11 tripulantes paraguaios, sendo que oito sobreviveram, dois foram encontrados mortos e o proprietário do barco-hotel, Luiz Penayo, ainda está desaparecido. A partir de agora a operação continua em ritmo lento, com a retirada da embarcação, o trabalho dos mergulhadores em busca do último corpo está ainda mais difícil.

Moradores locais e mergulhadores acreditam que Luiz esteja dentro de uma cabine de metal, no fundo do rio, pois tudo o que sobrou do barco foi arrastado para a barranca hoje. A Marinha do Brasil e do Paraguai também realiza buscas na superfície do rio, para o caso de encontrar o corpo boiando.

Resgate - Desde o início dessa semana, o Paraguai assumiu as buscas pelos corpos e durante dias, com a ajuda de mergulhadores e da população local, tentou arrastar a embarcação para próximo à margem. Por dois dias seguidos, parte do barco pode ser visto pelas pessoas que acompanhavam a operação de retirada da água, mas pouco tempo depois o cabo de aço não suportou o peso e arrebentou.

Equipes de resgate oficiais do Brasil não participam das buscas no momento, apenas acompanham, segundo o capitão da Marinha do Brasil, Alexandre Brandão. “A mobilização é feita por parte da comunidade do Paraguai, mas não é nada oficial. Nós estamos na área dando todo o suporte para caso de algum afloramento na superfície a gente recolha”.

Acidente - O barco hotel Sueño del Pantanal, de bandeira paraguaia, naufragou na tarde de quarta-feira (24), após ser atingido por um tornado. O vento de quase 100 quilômetros por hora destelhou casas, derrubou árvores e postes, prejudicou a rede de energia e tombou o barco que estava no rio Paraguai, cerca de 50 metros de atracar na margem estrangeira.

MPE entra com ação e consegue suspender do 'Dourados Brilha 2017'
Após as 16ª e 10ª promotorias de Justiça de Dourados - cidade localizada a 233 km de Campo Grande - entrarem com ação, a Justiça estadual concedeu li...
'Ônibus da Saúde' fará neste sábado atendimentos em Fátima do Sul
O programa de prevenção "Ônibus da Saúde", realizado pela Cassems, levará atendimento especializado em oncologia até Fátima do Sul - cidade localizad...
Justiça determina que prefeitura suspenda cobrança da taxa de lixo
Decisão tomada pela Justiça Estadual determinou que a prefeitura de Bataguassu - cidade localizada a 335 km de Campo Grande - suspenda a cobrança da ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions